A “submarca” da Lenovo, ZUK apresentou-se ao mundo no passado ano com o seu Z1

Não tem tido o sucesso que se esperava tendo em conta a utilização de materiais premium na construção do seu smartphone, estando o Z1 ao nível de outros flagship killers do mercado.

A marca está decidida em conseguir uma maior quota de mercado, para isso decidiu “atacar” o mercado de gama média. Quando foi lançado o ZUK Z2 Pro pensou-se que a marca mantinha a linha de apostar nos topo de gama a preços bastante convidativos, mas com o anuncio do seu irmão mais novo ZUK Z2 poderemos estar perante uma mudança de estratégia.

Nem todos estão dispostos a gastar
cerca de 400€ num smartphone, até porque nem todos precisam de 6GB de RAM, 128GB de ROM e o dragão mais potente do mercado (Snapdragon 820).

Apesar dos rumores, que anunciavam um Z2 alimentado pelo Exynos da Samsung, o teaser de hoje contradiz todos os rumores, indicando que a ZUK juntou-se novamente à Qualcomm.

59501d50-1d84-11e6-bb21-fb2820746f09

 

Prevê-se que o equipamento virá com o Snapdragon 652, um ecrã de 5 polegadas full HD, 3GB de RAM e “apenas” 16GB de armazenamento interno.