Esta semana a Xiaomi deu um verdadeiro banho de água fria nos seus fãs Foi dito que a apresentação do novo flagship da empresa seria atrasada. Desta forma, a marca Chinesa estaria a estudar a possibilidade de lançar uma versão mais fraca do que a esperada inicialmente, com Snapdragon 821, enquanto o modelo com Snapdragon 835 ficaria para mais tarde.

Enquanto ainda não é certo qual será o chipset a ser usado pela Xiaomi, uma nova imagem do aparelho acaba de aparecer pelas mãos dos mídia chineses. O que vemos é o Mi 6 na cor preta com acabamento em cerâmica, que pode ser restrita ao modelo mais caro.

A traseira do aparelho é curva, como na linha anterior. Abaixo do ecrã temos um botão físico que deve abrigar o leitor biométrico. Não é possível ver os botões de controlo do Android nesta imagem, mas podemos imaginar que o ‘voltar’ e ‘recentes’ estejam posicionados ao lado do botão home, á semelhança do que a Xiaomi tem feito.

Vendo esta imagem, é claro que o novo smartphone da Xiaomi pode chegar com fortes inspirações no Mi Note 2. No entanto, tudo indica que a frente do dispositivo será plana, ao contrário dos recentes lançamentos que estão cada vez mais focados em aparelhos com ecrã curvo.

Em termos de especificações, o que podemos esperar do Mi 6? Além do chipset Snapdragon 835, acredita-se que o novo flagship chinês terá um sensor IMX400 da Sony, o mesmo que foi estreado no Xperia XZ Premium e XZs. Não é claro se ambas as câmeras usarão o mesmo sensor, mas podemos esperar um avanço considerável na qualidade fotográfica comparado ao Mi 5.

Por fim, a imagem acima deixa escapar os possíveis preços de lançamento do Mi 6. O mais básico com 64 GB de memória custará US$ 289, enquanto o intermediário com 128 GB terá preço próximo de US$ 332 e o mais completo com 256 GB virá por US$ 419.