A Xiaomi continua a tocar o barco adiante sem desacelerar. A mais recente novidade anunciada pela companhia é o relógio inteligente Amazfit, produzido pela sua subsidiária Huami e disponível por enquanto apenas no mercado chinês. O produto tem foco nos utilizadores fitness e corre um sistema operativo customizado capaz de trabalhar de forma integrada ao Android por meio do app Mii Fit.

Huami-Amazfit-12Com design moderno, o dispositivo traz uma pequena tela de 1,34 polegadas e resolução de 300 x 300 pixels. Colocando tudo para funcionar está um processador de 1,2 GHz e 512 MB de memória RAM, com 4 GB para armazenamento interno, certificação IP57 à prova d’água e poeira e sensor de batimentos cardíacos. Para manter tudo ligado, o Amazfit traz uma bateria de 200 mAh que, segundo a fabricante, garante cinco dias de uso contínuo (ou apenas 30 horas, caso o GPS esteja ativado).

Huami-Amazfit-8Além de contar com uma grande variedade de produtos em seu catálogo, que vão desde tablets e smartphones até notebook e bicicletas, a Xiaomi é também muito famosa por praticar preços bastante competitivos quando comparados com os de suas rivais. E desta vez não seria diferente: o Amazfit será vendido por cerca de US$ 120 e não há previsão de chegada a outros países além da China.

The-Huami-AMAZFIT-smartwatchVale lembrar que a Xiaomi lançou, em 2015, outro produto chamado Amazfit. O lançamento do ano passado era uma smartband que em quase nada lembra o produto anunciado nesta semana — salvo pelo fato de ambos terem sido desenvolvidos para uso no pulso.