A OREY Técnica Naval, pertencente ao grupo português OREY, é uma empresa de referência no fornecimento de equipamento de salvamento e resgate com enfoque na segurança no Mar.

Através da sua rede de estações de serviço, assegura a assistência pós-venda e inspecção periódica dos equipamentos comercializados, seguindo as melhores e mais recentes práticas dos principais fabricantes mundiais que orgulhosamente representa.

A Orey Técnica Naval acaba de lançar em Portugal as pulseiras Sea Tags, o primeiro sistema de alarme inovador único no país que funciona através de ligação ao smartphone. Através deste sistema económico, e com uma aplicação gratuita, já é possível receber um alerta no smartphone em caso de “Homem ao Mar”.
Este sistema de alarme foi especialmente desenvolvido a pensar nas embarcações de recreio e é o primeiro no mercado a ser compatível com a ferramenta mais comum da atualidade – o smartphone.
As Sea Tags foram as vencedoras do prémio ‘Dame Design Awards 2016’ no METS TRADE (Feira Internacional de equipamentos marítimos), na categoria de “Lifesaving and Safety Equipment”.

Além do seu design atractivo, este equipamento wearable permite transmitir continuamente um sinal que é monitorizado por um ou vários smartphones através de uma aplicação gratuita, utilizando as tecnologias Bluetooth e GPS.

O sistema foi cuidadosamente desenvolvido para evitar falhas e para ser monitorizado por vários telemóveis ao mesmo tempo, assegurando assim a segurança de toda a tripulação.
Em caso de “Homem ao Mar”, assim que a pulseira estiver imersa ou muito longe da embarcação, o sinal é interrompido e o(s) smartphone(s) accionam um alarme e registam a posição GPS no momento do incidente.
“Esta tecnologia é ideal para vigiar crianças, para a navegação nocturna, para pequenas tripulações e para a navegação a solo na zona costeira”, afirma Mário Afonso. Para o director da Orey Técnica Naval, “as Sea Tags são o dispositivo de Homem ao Mar mais inovador, económico e de fácil utilização do momento”.

Duas Funcionalidades
Este equipamento funciona mediante duas funcionalidades – Crew Mode e Solo Mode.
Com a funcionalidade Crew Mode, não é necessária nenhuma cobertura de rede no smartphone (GSM) mas é imprescindível que o Bluetooth esteja ligado. Nesta função, é possível monitorizar toda a tripulação conectando as pulseiras a todos os smartphones existentes a bordo. A app Sea-Tags exibe a posição do “Homem ao Mar”, a posição em tempo real do barco e fornece atualizações em tempo real da distância para recuperar o náufrago no local onde decorreu o incidente.

Já a funcionalidade Solo Mode necessita obrigatoriamente de cobertura de rede no smartphone (GSM). Em caso de Homem ao Mar, o smartphone (deixado a bordo) irá enviar uma mensagem de texto (SMS) com a posição e hora da ocorrência a um contacto em terra. Através desta funcionalidade, o contacto em terra que recebe esta informação poderá contactar de imediato as autoridades e comunicar a última posição GPS conhecida, facilitando assim o resgate do náufrago.

Mais em http://www.oreytecnica.com