A linha Galaxy Note tem sido uma das “Best Sellers” da Samsung, oferecendo os melhores produtos do mercado a cada novo lançamento, mas desta vez não foi o caso. Desde o inicio de Setembro que a Samsung tem enfrentado os piores cenários com o Galaxy Note 7; uma chamada geral para trocas e reparações.

maxresdefault

Tudo isto se deveu a um defeito nas baterias, onde as mesmas sobreaqueciam e incendiavam. Durante todo este processo, sempre se pensou que a Samsung iria conseguir reparar o erro e iniciar novamente a venda do Galaxy Note 7 neste mês de Outubro. Esse era o cenário que toda a gente esperava depois do chamamento, mas na ultima semana, novos casos de aparelhos voltaram a surgir, aparelhos que já teriam sido reparados. Parece que esta foi a gota de água necessária para a Samsung decidir parar com a produção e venda do Galaxy Note 7.

galaxy-note-7-exploding-while-charging-5

A Samsung informou oficialmente  que iria parar a produção e venda do Galaxy Note 7. Numa declaração ao Wall Street Journal, a Samsung afirmou que: “A segurança dos nossos clientes é a nossa maior preocupação, decidimos por isso terminar a produção e venda do Galaxy Note 7”. Não há dúvida que esta deverá ter sido uma decisão difícil para a Samsung, mas ao mesmo tempo uma decisão que tinha de ser tomada.

id191738_1No inicio da semana passada, surgiram informações que a Samsung estaria a ajustar a produção do Galaxy Note de forma a melhorar o controlo de qualidade, mas foram mais longe ao parar também com as vendas. Um anuncio oficial  sobre a paragem definitiva da produção do Galaxy Note 7 deve estar a caminho, mas por enquanto, o melhor é mesmo devolver o equipamento, e provavelmente olhar para as alternativas deixando assim de por a sua saúde e a dos outros em risco.