A Google anunciou esta quinta-feira uma parceria com empresas de comunicações, fabricantes de smartphones e com a GSMA, para substituir o atual serviço de SMS por um novo padrão universal: o RCS (Rich Communications Service).

As mensagens RCS possibilitam novos recursos aos clientes das operadoras móveis, como capacidade de criar conversas em grupo, ver quando alguém está a escrever uma resposta, ler recibos e compartilhar fotos e vídeos de alta resolução. Elas estarão presentes de forma automática na aplicação Android Messages, através de atualização.

“Um dos aspectos mais poderosos da evolução para o RCS é a capacidade de melhorar em larga escala a experiência de mensageria, independentemente da operadora, país ou tipo de dispositivo. No ano passado, trabalhamos com nossos parceiros para levar o padrão RCS para pessoas na Europa, América do Norte e Ásia. Hoje, estamos felizes de anunciar que estamos trazendo as mensagens RCS para a América Latina

com nossos parceiros América Móvil (no Brasil, Claro), Telefônica (Vivo, no Brasil), AT&T no México e Oi, cujos clientes representam mais de 2/3 de todos os assinantes móveis da América Latina”, explica o comunicado oficial.

A ferramenta será operada pela nuvem Jibe RCS da Google e terá integração entre as redes por meio do Jibe RCS Hub. Isso significa que um assinante de uma operadora brasileira poderá trocar mensagens com um cliente de uma empresa nos Estados Unidos, por exemplo.


Imagem: Google

Mas o acordo não é válido apenas para o continente americano. As empresas América Móvil e Telefônica também lançarão o padrão de mensagens RCS nos mercados europeus, onde outras provedoras já oferecem o serviço, como Deutsche Telekom, Orange, Telenor e Vodafone.

Uma pesquisa divulgada no começo do mês passado revelou que 62% das operadoras pretendem abandonar o SMS e adotar o sistema RCS em 2 anos.