A Nokia voltará ao mercado em 2017 sob o comando da empresa HMD Global, que adquiriu os direitos á Microsoft e pode usar o nome da antiga gigante da Finlândia nos próximos 10 anos. E desta vez, mais um aparelho foi avistado no Geekbench.

Um telefone chamado apenas de Z2 Plus apareceu no banco de dados da Geekbench. A ferramenta, capaz de pontuar smartphones com base nos desempenhos, conseguiu listar também alguns aspectos do novo telemóvel.

O Nokia Z2 Plus contará com o chipset Qualcomm Snapdragon 820. Trata-se do penúltimo modelo já lançado pela fabricante, atrás apenas do mais recente Snapdragon 821, que se tornou um padrão nesta segunda metade de 2016.

É um processador de quatro núcleos Kryo, arquitetura própria da Qualcomm, sendo dois deles com velocidade de 1,6 GHz e os outros dois até 2,15 GHz. Além disso, tem ainda um Adreno 530 a tratar dos gráficos. Além do Snapdragon 820, o Nokia Z2 Plus também terá 4 GB de RAM, o mínimo encontrado nos flagships actuais. O smartphone atingiu uma boa pontuação no Geekbench, pelo que o desempenho será um dos pontos fortes do Z2 Plus.

Cada núcleo alcançou 2.100 pontos, enquanto que no multi core conseguiu uma pontuação de 5.100. Isto com o Android 6.0.1, provavelmente modificado pela interface da marca.