A HMD Global Oy pretende iniciar em breve a comercialização dos dispositivos Nokia a nível global, sendo que até ao momento foram apresentados três smartphones intermediários para agradar aos mais variados tipos de público.

Como referido durante o evento de lançamento dos aparelhos Nokia na MWC 2017, um dos grandes diferenciais da “nova Nokia” é a preocupação em oferecer sempre a versão mais actualizada do Android aos seus clientes, algo que é alvo de críticas de muitas fabricantes, principalmente nas que utilizam interfaces muito customizados.

Pelos vistos, a HMD Global Oy parece estar a trabalhar estreitamente com a Google para chegar ao ponto de poder prometer actualizações “nível Pixel” nos seus produtos, sendo feita uma parceria realmente íntima de acordo com uma declaração de Per Ekman, atual VP da empresa para Oriente Médio e norte de África.

A maioria dos smartphones no mercado não tem o sistema opeRATIVO Android da maneira que deveria ser. Os FORNECEDORES estão a adiciomar UMA camada em cima do sistema. Os consumidores têm o direito de ter a versão mais recente do sistema Operativo e vamos estar a disponibilizar a versão mais recente e os patches, logo que estejam disponíveis a partir da Google. Iremos junto com a Google reforçar a marca Nokia para colocar o tipo certo de funcionalidades no smartphone, incluindo a Google Assistant.

Todos os novos aparelhos com a marca Nokia possuem o Android Nougat de fábrica. Nem todos, contudo, possuem a edição 7.1.2 do sistema, já que o Nokia 3 será vendido com a numeração 7.0, sendo posteriormente atualizado para versões mais recentes.