maxresdefault5“E agora… Para algo completamente diferente…”, como diriam os eternos Monty Python.

Como um Gamer de médio uso, que a vida laboral e familiar não deixam espaço nem tempo para muita coisa, este mundo do Android é uma verdadeira mina de ouro para aqueles 10/15 minutos de tempo. Sabem… Aquele tempo só para nós, longe de tudo e todos? Não preciso explicar mesmo, pois não? 😉 Bem me parecia que me iam entender… 😉

Pois bem, pode não ser novidade para muitos, mas foi uma alegre surpresa para mim. Ávido seguidor da saga/franchise Need for Speed, estava bastante desencorajado por não haver nenhum titulo desta belíssima coleção de jogos de carroças sem bois à frente (mas montanhas de cavalos) de borla na Playstore. E eis que me apareceu este NEED for Speed: No Limits.

Logo à partida parece muito bem. Já sabemos que vamos ter policia no encalço e carrões à disposição mesmo só no screen inicial. “Porreiro, pah!!” diria um ex-politico da nossa praça. 😉 Mas menos paleio e vamos lá “dar à chave” nisto… 😉

2772325-nolimits

É quase um RPG em que temos de fazer corridas. Tem um story-mode ao qual deram o nome de ” UNDERGROUND” (onde é que eu já vi isto ligado a corridas de carros?  😉  ) e um modo de várias series para carros específicos ( ” Serie automobilística). O multiplayer também não foi esquecido, embora apareça na forma de ” Torneios ” mais ou menos monomarca. Para ganhar no Underground, é preciso aumentar o nível de experiência que se pode ganhar nas Series automobilísticas, e para ganhar nas Series Automobilísticas é preciso fazer upgrades nos nossos bólides, que só se consegue com peças e dinheiro ganhos no Underground, o que torna o jogo interessante e sempre com algo para fazer. É claro que é possível comprar coisas no jogo para se poder subir de nível mais facilmente, mas é possível, sem grande grinding, fazer as coisas de um modo gratuito. Demora o seu tempo, mas os euros ficam no bolso… 😉

Mesmo no meu Wiko Ridge FAB 4g, rola sem grande lag, com uma fluidez invejável a muitos outros títulos que tenho jogado ao longo do tempo. Os gráficos não são do outro mundo, mas também não desapontam e assim mantém-se a fluidez e jogabilidade.

Mais do que aconselhado. Vemos-nos nessas pistas… Embora o meu pó não vos vá deixar ver grande coisa… 😉

PS: Podia estar a explicar-vos mais coisas do jogo, mas a descoberta faz parte do gozo, mesmo. Façam o download, pois ele já se encontra disponível:

google_play