Sabem aquelas situações onde necessitam realmente de abrir uma aplicação, e o telemóvel, simplesmente não a abre? Isso pode estar relacionado com a falta de memória. O problema pode ser a insuficiência da memória do sistema (RAM) ou a falta de memória interna. Este artigo tem algumas soluções para resolver esses problemas tanto no Lollipop como no Marshmallow.

Memória do sistema insuficiente (RAM)

Não utilizar optimizadores de memória

Muitos dispositivos Android antigos têm 1 GB de RAM ou mesmo 512 MB. Quando uma aplicação pesada é executada – ou mais de uma app ao mesmo tempo – a RAM pode começar a falhar por se exigir demasiado dela. A primeira dica para optimizar a RAM é não utilizar os chamados app killers, pois eles são apenas um placebo: terminando abruptamente o processo em curso, é possível ver uma grande quantidade de RAM libertada (o que ocorre realmente), mas os processos interrompidos tendem a recomeçar pouco depois, levando-nos ao problema original (ou pior).

Identificar a aplicação que está a devorar a RAM do smartphone

O melhor a fazer é verificar quanta RAM que as aplicações utilizam e simplesmente apagar as que não usamos, ou usamos pouco. Existem diversas aplicações na Play Store para verificar em tempo real os recursos usados e quais as apps que mais os utilizam.

Além disso, o Android tem uma função nativa de monitorização de RAM, a qual pode ser activada nas “Opções de desenvolvedor”, onde se pode ver o tempo de execução e de uso da RAM por parte das aplicações mais usadas.

Para acedes ás “Opções de desenvolvedor”, basta ir às Configurações > Sobre o dispositivo e clicar 7 vezes no Número da versão. Além disso, é possível utilizar vários gestores de tarefas como o Advanced Task Manager, para limitar aplicações e processos que podem executados quando o aparelho é ligado.

execucao apps cache tips trucks

Para quem já tem a versão Android 6.0 Marshmallow, os dados sobre o consumo de memória RAM estão mais apurados e fáceis de encontrar. Basta aceder ao Menu de configurações > Memória.

Armazenamento interno insuficiente

Este é um problema que todos conhecem e provavelmente já tiveram também nos computadores, laptops, câmeras digitais, etc. Jogos pesados, muitos arquivos de música e vídeo podem encher a memória rapidamente. De acordo com a versão do Android existente e da marca do dispositivo, é importante entender como são geridas as partições da memória, para não recebermos aquela desagradável mensagem de memória insuficiente.

A medida mais simples quando aparecer um aviso de memória insuficiente é apagar alguns dados, sejam fotos, músicas ou documentos que já não são precisos.

Eliminar arquivos temporários e dados do cache

Eliminar arquivos temporários e dados do cache pode ser uma solução, mas transferir músicas e fotos para a cloud também.

Se o smartphone tiver entrada para cartão microSD, vale a pena investir mais um pouco e comprar um (e em seguida transferir para lá o máximo possível de arquivos). Para isso, basta ir a Configurações > Aplicações > Transferir para cartão SD em cada app. Claro que arquivos de multimédia também deverão passar para o cartão.

limpar dados cache apps execucao tips

Utilizar uma aplicação de terceiros (root necessário)

É possível instalar aplicações como o Link2SD, que ajudarão a passar tudo para o cartão microSD, mas estas requerem muitas vezes permissões de root. Outra função interessante destas aplicações é a possibilidade de poder configurar o armazenamento de downloads, fotos e dados no cartão SD.play-store-download

Desinstalar bloatwares

Muitas pessoas acreditam que, obtendo permissões de root e desinstalando o bloatware, o espaço de armazenamento aumenta automaticamente. Isso é verdade apenas em parte. A memória interna do Android é subdividida em memória de sistema – onde são guardados os arquivos pré-carregados (como o bloatware) – e memória de dados, acessível ao utilizador.

Desinstalar bloatware liberta espaço (tecnicamente), mas não aquele que se pode realmente utilizar. Todas as aplicações instaladas ou os arquivos colocados na memória interna depois de remover o bloatware serão guardados na partição de dados. Portanto, é preciso algo mais se desejamos obter mais espaço com este método, redimensionando a partição da memória de sistema ou instalando lá as apps.

A eliminação de bloatware também ajuda a RAM, economizando recursos do sistema, uma vez que todos os processos associados a tais aplicações serão definitivamente extintos.

Apagar aplicações que não são usadas!

Esta é óbvia: indo a Configurações > Armazenamento > Aplicações, conseguimos ver o espaço utilizado por cada uma delas. A lista de apps está ordenada por tamanho. Este é um método muito simples para escolher qual app apagar. Fazer regularmente um restauro de fábrica, depois de um backup dos dados importantes e das aplicações, é outra maneira muito eficiente de manter o sistema sempre fluido.

template apps info tips trucks

Conheces mais formas de optimizar a memória do smartphone? Comenta aqui!