Embora a Mediatek tenha sido um dos primeiros fabricantes a apresentar o seu novo processador para 2016, a empresa ainda não estreou em nenhum smartphone o seu chip deca-core Helio X20 MT6797.

Já se sabe que este chip terá 10-cores, dos quais dois são Cortex A72  a 2.5 GHz para alta performance , quatro cores Cortex A53 a 2.0GHz para performance e eficiência e os restantes quatro serão Cortex A53 a 1.4GHz para tarefas que necessitem de menos potência.gsmarena_001

Nas últimas semanas temos tido a oportunidade de acompanhar as pontuações de benchmark de chips rivais como o  Snapdragon 820 e o Huawei Kirin 950. Mas as novidades têm sido muito poucas em relação ao Helio X20, até agora.

geekbench

Durante o dia de hoje, um dispositivo alimentado com este processador foi visto no site de benchmarking  Geekbench, revelando o verdadeiro poder da sua configuração deca-core.

De acordo com os resultados do Geekbench, o MT6797 tem uma pontuação superior a 7000 pontos no teste multi-core, que é apenas o maior resultado até agora dos chipsets para smartphones. Parece que esta configuração deca-core oferece um grande impulso à capacidade de processamento. No entanto, no teste de single core, as coisas parecem um pouco mais normais, apresentando perto dos 2100 pontos. Esta pontuação é comparável e até um pouco mais baixa que as pontuações de outros chipsets.

mediatek-heliox20-01-768x584

Helio X20 vs Snapdragon 820 vs Kirin 950 vs Apple A9

Uma vez que são agora conhecidas as pontuações do Geekbench para os quatro chipsets, é altura de os comparar e ver qual deles fica no topo da tabela.

No teste multi-core, não há qualquer comparação, com a fantástica pontuação do Helio X20 de 7000 pontos. Aqui ficam as pontuações dos restantes chipsets nos testes multi-core.

Kirin 950: 6245

Snapdragon 820:  5400

Apple A9: 4578

O Apple A9 aparece no topo nos testes single-core, com uma pontuação de 2576. Aqui ficam os restantes chipsets, em ordem descendente

Snapdragon 820: 2320

Helio X20: 2103

Kirin 950: 1871

Dos resultados do Geekbench, parece que o Helio X20 será um chipset muito poderoso, pelo menos no papel. Contudo, estes testes mostram apenas um dos aspectos do processador, e existem outros a ter em conta antes de tirar qualquer conclusão. Por exemplo, teremos de ver se o processador aquece demasiado ou se será tão ou mais eficiente que os seus rivais.

De acordo com informações da própria Mediatek, o Helio X20 vai entrar em produção massiva no segundo quarto de 2016. É de esperar que marcas de topo do mercado chinês, como a Xiaomi ou a Meizu revelem novos smartphones com o  Helio X20 por essa altura. Ficamos a aguardar por mais desenvolvimentos.