Para muitos CyanogenMod é o fruto mais apetecido, não só pelas suas funcionalidades adicionais mas também pela grande comunidade que existe á volta destas ROMS.

A equipa da CyanogenMod está a trabalhar diretamente com os maiores construtores de smartphones da China, Huawei, Xiaomi e Oppo.

Com o aumento da popularidade dos telefones Chineses, a CyanogenMod está a tomar a decisão mais correcta, comprometendo-se em desenvolver, disponibilizar o seu software aos utilizadores desses equipamentos. Tornando assim ainda mais aliciante comprar um equipamento made in China.

 

A fabricante de roms planeia continuar a sua parceria com a Oppo, que começou com o Oppo Find 5. A equipa pretende disponiblizar o sistema operativo nos mais recentes ,Oppo R7, R7 Plus e R5. Veremos também no Huawei Honor 4 e Ascend Mate 2 a continuação do desenvolvimento já iniciado, mas claro a cereja no topo do bolo para quem pensa em adquirir um equipamento Huawei, será o próximo Nexus 6P fabricado pelo gigante Chinês. Tratando-se de um equipamento Google, este Nexus 6P será dos primeiros equipamentos a receber uma build estável Cyanogen.

Na longa lista de dispositivos suportados, encontrámos o Xiaomi Mi3W e MI4, ambos equipamentos bastante populares na China e cada vez mais no resto do mundo.

No decorrer deste ano temos assistido a uma maior aposta em roms Cyanogen por parte dos fabricantes Chineses , este vêem CM como um útil instrumento de marketing.

O exemplo mais recente disso mesmo foi o anuncio da ZUK, uma submarca da Lenovo. Esta marca acabada de “nascer”, anunciou a sua parceria com a Cyanogen Inc. lançando o seu primeiro smartphone já com CyanogenOS de origem, “out of the box“.