Existem rumores que a HTC já está a trabalhar no próximo flagship que deverá ser o HTC 11. Os detalhes ainda estarão um pouco em rascunho, mas sabe-se que tem o nome de código Ocean. O HTC Ocean aparece agora em video, mostrando-se ao mundo.

HTC 11

O HTC Ocean foi confirmado por Evan Bass num tweet durante o mês de Outubro. Mais tarde, outra fonte, @LlabTooFeR, também deu a informação que existiriam 3 nomes de código diferentes para o HTC 11, provavelmente para 3 configurações distintas. Os nomes serão, Ocean Master, Ocean Note e Ocean Smart.

HTC 11 – características esperadas e data de lançamento

Não existem confirmações oficiais de nada, mas o HTC Ocean deverá vir equipado com um SoC Qualcomm Snapdragon 800, provavelmente o Snapdragon 835. A versão base deverá ter 4GB de RAM e 32GB de armazenamento expansível. Considerando os 3 nomes de código, o HTC Ocean deverá ter mais que uma opção de armazenamento e RAM. Terá

ainda suporte para a plataforma VR da Google, a Daydream.

htc-11-2

O interface USB Type-C deverá estar presente, sem a entrada jack de 3.5mm. A HTC fez o mesmo no HTC 10 Evo e no recente HTC Bolt. Terá leitor de impressões digitais frontal e Android 7.0 Nougat com o último HTC Sense.

Os tamanhos de ecrã poderão ser distintos, sendo provável a existência de uma variante com 5.5 polegadas e resolução 2560 x 1440, como no Pixel XL. O ecrã curvo deverá estar presente em apenas uma das versões do HTC Ocean. Não se sabe ainda se o ecrã será LCD ou AMOLED, mas os últimos produtos da HTC usam ecrãs LCD.

O video mostra uma configuração de duas cameras no HTC Ocean. No entanto, um leak na Weibo afirma que o HTC 11 terá apenas um sensor de 12MP traseiro e 8MP frontal. Os rumores indicam que será apresentado na MWC 2017, mais uma vez, sem qualquer confirmação oficial.

  • eu

    Sei que muitas pessoas pensam o contrário. Mas HTC não compro mais. A assistência deles disseram-me claramente que é normal um telemóvel, com pouco mais de 1 ano, não aguentar de manhã à noite sem wifi/gps/bt ligados e com muito pouco uso.

    • Infelizmente isso acontece em praticamente todos os smartphones. Um conselho que damos sempre é “formatar” o aparelho com.alguma regularidade. Ou seja, repor os dados de fábrica do zero. Ajuda muito na vida de um smartphone