A Huawei apresentou o seu novo smartphone Honor 9, com o foco a apontar para o poder da sua câmera dupla.

Traz exatamente o mesmo processador do Mate 9 e P10, ou seja, um HiSilicon Kirin 960; em relação ao display, tem 5,15″ Full HD (1920 x 1080), com DCI-P3 (tecnologia usada no iPhone 7 e Galaxy S8).

Como ja dissemos, o destaque é a sua dual-cam traseira, com sensores de 12 e 20 megapixeis, zoom ótico de duas vezes, e ‘Modo Retrato’; a selfie-cam, por sua vez, tem 8 MP de resolução:

Especificações técnicas
  • Ecrã de 5,15″ Full HD (1920 x 1080)
  • Processador HiSilicon Kirin 960 à 2.4 GHz
  • GPU Mali-G71 MP8
  • 4/6 GB de memória RAM
  • 64/128 GB de armazenamento interno
  • Dual-sim (híbrido)
  • Dual-cam traseira de 12 + 20 MP
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.0)
  • Leitor biométrico
  • 4G VoLTE, Wi-Fi, Bluetooth 4.2, GPS, GLONASS, Huawei pay, conector de áudio de 3.5mm
  • Porta de carregamento USB Tipo-C
  • Bateria de 3200 mAh
  • Androdi 7.0 Nougat (EMUI 5.1)
  • Cores: azul, preto, dourado

O Huawei Honor 9 chegará ao mercado com Android 7.0 Nougat pré-instalado de fábrica, com a interface EMUI 5.1 a correr por cima.

Juntamente com o Honor 9, a Huawei anunciou a sua própria plataforma de pagamentos móveis, o Huawei Pay, que será compatível com o Honor 9, é claro.

Com corpo de metal e vidro, este novo smartphone traz uma bateria de 3200 mAh, e estará disponível para compra a partir do dia 16 de junho.

O modelo mais básico, que traz 4 GB/64 GB de memória, chega à prateleiras ao preço de US$338, a versão de 6 GB/64 GB por US$400; já a variante com 128 GB uns módicos US$440