O objetivo deste selo é diferenciar os aparelhos que se adequam aos padrões da Google para utilizar os aplicativos da empresa, incluindo a Play Store. Junto a estes serviços, o dispositivo deve ter suporte para o Find My Device e funcionalidades de varredura automática por vírus e malwares no sistema.

O comunicado oficial da dona do Android detalhou um

pouco o processo de certificação dos smartphones.

“O Google fornece certificação para dispositivos Android para garantir que os usuários recebam experiências seguras e estáveis. Trabalhamos com fabricantes em todo o mundo para executar centenas de testes de compatibilidade que garantam que os dispositivos adiram ao modelo de segurança e permissões do Android. Esses testes também verificam se os aplicativos do Google pré-instalados são autênticos e os aplicativos da Play Store podem funcionar como pretendido”.

Essa novidade não deve impactar tanto na vida das pessoas que costumam comprar apenas aparelhos de marcas conhecidas, mas se você é daqueles que gostam de importar smartphones ou não tem preconceito com as marcas menos famosas, o selo Google Play Protect pode te dar mais tranquilidade na hora de investir o seu dinheiro em um dispositivo.