A Chuwi está cada vez mais a dar cartas no mercado dos Tablets mantendo a exclusividade do uso dos processadores Cherry Trail da Intel nos seus produtos. Os flagships dos mais directos competidores estão já a usar os novos processadores Skylake Core M, o que faz com que a decisão na hora de escolher seja difícil, mas pelo menos a Chuwi consegue manter os preços baixos, uma vez que os Core M são ainda muito caros.

chuwi1O menino bonito da gama Chuwi é o modelo Hi12, com um espantoso display Samsung PLS de 12-polegadas, resolução de 2160×1440 pixeis e um aspecto “Surface-like” em 3:2. Outros aspectos muito importantes são o seu corpo em metal, 4 GB de RAM, uma bateria gigante de 11000mAh, portas USB 3.0 de tamanho “normal” e até versões dual boot com Android 5.1/Windows 10.

chuwi2Com preços a rondar os $250 e acessórios opcionais como teclados, dock’s, e capas, consegue ser uma óptima opção.

Na semana passada, na CES Asia 2016, a Chuwi revelou ainda outra opção para o Hi12: a versão Remix OS vai sair num futuro muito próximo. O Remix OS é uma opção muito interessante, criando um sistema compatível com Android e com muitas funcionalidades Windows, proporcionando o melhor dos dois mundos. A questão é apenas uma, será que um sistema Dual-Boot é melhor? Ou, pelo contrário, é preferível um sistema como o Remix OS?a206ed45-19d7-4d3b-a867-513f880bb10c

A data exacta do lançamento do Hi12 Remix ainda não é conhecida, mas deve estar para ser revelada muito em breve.