A BlackBerry voltará ao mercado dos telefones móveis em 2017 com mais um smartphone de elite. Pelo menos é o que os recentes rumores sobre o assunto indicam, criando um clima de mistério em torno de um novo aparelho chamado de Mercury.

Embora já tenha aparecido em rumores algumas vezes, está novidade dá de novo a cara, desta vez com uma imagem adicional, que revela algumas das características.

BlackBerry Mercury

Nota-se a presença de um conjunto inovador em termos visuais na categoria Android. O BlackBerry Mercury, se realmente for o modelo acima, junta num único dispositivo um ecrã curvo, botões capacitivos, teclado físico QWERTY e um sensor biométrico.

E isso tudo apenas na parte frontal. Caso tudo corra como o esperado, o leitor de impressões digitais será embutido no botão de espaço, a última peça da área central inferior. Em cima, há a câmera de selfies, sensor de luminosidade e o alti-falante de chamadas.

Ainda é cedo para dizer mais sobre o BlackBerry Mercury, mas os boatos até ao momento sugerem um telefone bastante compacto. O display terá apenas 4,5 polegadas, explicado pela presença do teclado físico, que consome uma boa parte do espaço frontal.

Embora não haja detalhes sobre a resolução, não faria sentido usar a Quad HD (2560 x 1440 pixels) num painel tão reduzido, é provável que a resolução seja HD (1280 x 720 pixels) ou Full HD (1920 x 1080 pixels).

Em termos técnicos, estima-se que BlackBerry Mercury venha equipado com um chipset Qualcomm Snapdragon 821, que possui um processador de quatro núcleos Kryo até 2,35 GHz e Adreno 530.

A TCL (Alcatel) assumiu as rédeas da BlackBerry e marcará presença na CES (Consumer Electronics Show) 2017. É possível que o BlackBerry Mercury seja apresentado lá.