Todas as novidades conhecidas

A equipa da Google dividiu as funções do Android O em duas vertentes: Experiencias Fluidas (Fluid Experiences) e Vitais (Vitals). Cada uma delas cobre uma parte específica do sistema:

  • Experiencias Fluidas: Picture-in-picture, Pontos de notificação (Notification Dots), Autopreenchimento, Seleção inteligente de texto
  • Vitais: Google Play Protect, otimizações de performance (Runtime/bateria), Play Console
  • Outras funções e mudanças: mudanças na UI, Canais de Notificação, Novos Emojis, Ícones Adaptativos, Wi-Fi Aware, AAudio API para Pro Audio, efeitos e transições de áudio, ativar o Wi-Fi automaticamente, Project Treble

Limites em segundo plano: teremos uma optimização do uso de energia em segundo plano. De acordo com o que vimos, teremos uma limitação automática maior daquilo que as aplicações, serviços e atualizações de localização poderão aceder quando estiverem a correr em background. Para os utilizadores, isso significa que as aplicações terão um impacto menor na bateria do aparelho.

Canais de notificação: passamos a ter mais controlo sobre as notificações no Android O. Assim, será possível bloquear ou mudar o comportamento de cada canal de forma individual, o que é melhor que lidar com a gestão das notificações em conjunto. Além disso, teremos um novo visual na forma como as notificações aparecerão e como serão agrupados:

Versão beta:

android o preview UI notifications
Houve uma mudança no design das notificações com a versão beta 

Versão alpha:

notification version alpha
Um sistema otimizado de notificações 

Mudanças na interface: não existem muitas mudanças na interface de utilizador do Android O, porém, nesta versão beta o esperado são as adições de mais e novos recursos e pequenas mudanças na UI do Android:

Versão beta:

android o preview UI
UI no Android O beta 

Versão alpha:

android o home drawer keyboard
A UI do Android em alpha

O que notamos até ao momento é que o design do menu de configurações mudou pouco, já não é preto e branco, por exemplo, o easter egg não foi renovado (continua o gatinho), a barra de notificações continua a mostrar as notificações mesmo depois de deslizar para os atalhos do sistema. E o melhor de tudo é que percebemos algumas mudanças no serviço de backup, inclusive as SMS já aparecem neste menu.

Versão beta:

android o preview UI quick settings
Notificações e atalhos rápidos no Android O beta

Versão alpha:

android o quick settings

Versão beta:

android o preview UI settings
Menu de configurações do Android O 

Versão alpha:

android o settings 2

Novo formato de emojis: com esta atualização da versão alpha para beta, tivemos uma mudança no formato dos emojis, que ficaram mais próximo do padrão que outros serviços utilizam:

emojis android o
À esquerda, emojis na versão alpha do Android O; à direita, na versão beta (nova) 

Ícones adaptativos:  a aparência dos ícones pode ser diferente entre a variada gama de dispositivos que rodam Android. Assim, uma aplicação poderá aparecer circular no launcher de um aparelho e quadrado num outro. E tudo isso, claro, depende da skin da fabricante, mas é bom ver que a Google passará a oferecer um padrão de adaptação dos ícones de aplicações à UI (caso o desenvolvedor assim o deseje).

Wi-Fi Aware (também conhecido por Neighbor Awareness Networking ou NAN):esta função basicamente funciona para que os dispositivos com hardware compatível possam comunicar entre si quando estiverem próximos, via Wi-Fi Aware, sem necessariamente usar a conexão de internet.

 AAudio API for Pro Audio: AAudio é a nova API nativa do Android desenvolvida para aplicações que exigem qualidade de áudio de alta performance e baixa latência. Aplicações que usem o AAudio poderão ler e salvar dados via stream.

Além disso, o Android O suporta áudio Bluetooth de alta qualidade e codecs como LDAC. A Sony está trabalhar com a Google no desenvolvimento desta tecnologia de áudio LDAC sem fio. De acordo com a empresa, o LDAC pode transferir um volume maior de dados através do Bluetooth, com uma taxa de bits de mais de 990kbps. Por outras palavras, isso significa melhor qualidade de áudio para os dispositivos com Android O.

Efeitos e transições de áudio: o Android O usará uma ferramenta de terceiros que permitirá aos desenvolvedores criar efeitos e transições de áudio com base na curva de volume, o tipo de interpolação e a duração. Por outras palavras, a mudança de áudio no smartphone, tablet ou Android TV poderá contar com recursos como o aumento ou diminuição do volume de forma gradual durante o início ou o fim do áudio, por exemplo.

Ativar o Wi-Fi automaticamente: a função de ativar o Wi-Fi de forma automática próximo a redes seguras já estava presente na versão alpha do Android O, mas não era funcional. Com o anúncio da segunda preview, no entanto, este recurso já pode ser usado sem problemas.

Aceder a Configurações > Rede e Internet > Wi-Fi > Preferências do Wi-Fi, encontramos a opção “Ativar o Wi-Fi automaticamente”. Depois de ativar tal opção, o sistema irá ligar o Wi-Fi e salvar as redes assim que estiver ao alcance das mesmas. Assim, quando o utilizador estiver em casa ou no trabalho, não precisará de se preocupar em ativar o Wi-Fi, pois o sistema fará isso automaticamente. Este é um recurso bastante esperado e vai poupar o plano de dados de muitos utilizadores do Android pelo mundo.

android o wifi features
Novo recurso vai salvar plano de dados 

Play Console: este é um recurso voltado diretamente para desenvolvedores, mas que terá um excelente impacto na experiência de utilizadore, já que pretende diminuir o fecho de apps, congelamento de frames, lentidão na renderização do software e outros erros que prejudicam o uso das aplicações.

Google Play Protect: este recurso vem para otimizar a segurança no Android. Com o Play Protect, a Play Store estará mais segura, visto que teremos um scan das aplicações instaladas no aparelho a partir da loja, com o objetivo de verificar qualquer tipo de malware instalado.

Java 8 e otimizações da máquina virtual: isso significa melhor performance, o que esperamos ver em todas as novas versões do OS. De acordo com a Google, a máquina virtual do Android estará até 2x mais rápida (de acordo com alguns benchmarks).

Autopreenchimento: o objetivo aqui é simplificar a configuração de um novo dispositivo ou sincronizar senhas através do auto preenchimento no Android. Assim, muitas das aplicações vão reconhecer logins e senhas de forma rápida.

Seleção inteligente de texto: vai ser mais fácil usar o teclado, em especial comandos de teclados físico, tais como as setas e a tecla Tab. Usando a aprendizagem de máquina, ficou agora mais fácil reconhecer a seleção de um endereço, URL ou número de telefone, deixando o processo de copiar e colar mais fácil.

Pontos de Notificação (Notification Dots): são pontos nos ícones das aplicações no launcher, nos quais, quando pressionamos longamente, as notificações aparecem. Assim, uma pequena bolinha vai aparecer sobre o ícone de uma app no launcher com notificações não lidas.

Modo PiP (picture in picture video): para visualização de dois vídeos ao mesmo tempo. Este recurso já tinha sido lançado pela primeira vez para Android TV com Android Nougat. Será possível usar um vídeo numa janela que permanecerá aberta em qualquer ecrã, quase como uma janela múltipla. Semelhante aquilo que temos hoje dentro do app do YouTube.

google duo pick picture
Modo PiP 

Project Treble: Teremos uma interface estrutural do Android que poderá ser usada para aceder as implementações dos fornecedores de componentes internos, como a Qualcomm e a MediaTek, por exemplo.

Isso permitirá atualizar o Android de forma mais fácil, pois todo o processo será independente dessa implementação do fornecedor. A ideia da Google é acelerar os updates por parte das fabricantes ao deixar o processo mais fácil.

project treble changes
O Projeto Treble vai separar o framework do Android da implementação do fornecedor

Android O: vídeo hands-on da versão alpha

Android O: data de lançamento

A data de lançamento oficial do Android O está marcado para o terceiro trimestre de 2017, porém, já temos a versão beta da nova da plataforma. Isso mesmo, a Google acabou de liberar a segunda preview do Android O para desenvolvedores.

Assim como nos anos anteriores, é possível fazer o download das imagens do sistema a partir do site oficial do Android Developers e instalar em um dos aparelhos abaixo:

  • Nexus 5X
  • Nexus 6P
  • Nexus Player
  • Pixel C
  • Pixel
  • Pixel XL

Android O: nome e numeração

O nome do Android O ainda não é oficial, mas todos os rumores levam a acreditar que se chamará Android Oreo. A numeração é 8.0.

A Mondelēz, empresa dona da marca Oreo, lançou um jogo em parceria com o Google, no qual temos de lançar um biscoito para dentro do copo de leite para outras partes do mundo. O mecanismo por trás do jogo é oferecido pelo Google, visto que o mesmo se baseia no motor de buscas da empresa e em dados do Google Maps. Para jogá-lo, é.preciso aceder a página do Oreo Dunk Challenge pelo smartphone.

Não é a primeira vez que o Google faz uma parceria com um fabricante de “doces”. Em 2013, a gigante das buscas fechou um acordo com a Nestlé para o Android 4.4, que tinha o nome KitKat.

Nenhum jogo esteve envolvido na estratégia de marketing de ambas asempresas, mas as embalagens do KitKat tinham códigos promocionais em alguns países, que se podiam trocar por créditos na Google Play e também por um tablet Nexus.